Como converter carrinho abandonado em vendas?

Publicado 05/12/2021

Você sabia que converter carrinho abandonado deve ser uma das principais missões da sua loja virtual?

Um estudo da e-commerce Radar sobre o comércio eletrônico brasileiro em 2017 mostrou que a taxa de abandono de carrinho estava em 82% naquele ano. É uma média alta, e que se mantém estável desde então.

No contexto atual, é muito comum que os consumidores realizem pesquisas de preços ou reservem produtos desejados no carrinho. Contudo, alguns esquecem os itens e não tomam uma decisão. Essa desistência da compra — consciente ou não — aponta uma oportunidade que não é aproveitada por todos os lojistas: a de bolar estratégias para converter este carrinho abandonado em vendas.

Mas para fazer isso acontecer, algumas práticas devem ser adotadas. Se você quer aumentar suas vendas, continue a leitura e descubra como converter um carrinho abandonado!

Entenda o carrinho abandonado

O conhecimento é a chave para que seu cliente possa converter um carrinho abandonado em vendas. Uma das formas de entender o que acontece se dá por meio de relatórios. Eles podem apontar motivos como problemas no pagamento ou demora no tempo de carregamento da página.

O varejista on-line também pode designar um profissional para realizar uma pesquisa por amostragem com os clientes que abandonaram carrinhos recentemente. O resultado pode surpreender! Entretanto, é importante saber que são muitas as variáveis envolvidas no abandono de carrinhos. Uma loja virtual pode sofrer com a incidência, ao mesmo tempo, de mais de uma delas. Então, é importante que cada uma dessas variáveis seja analisada separadamente.

Aqui vão algumas das variáveis que podem estar influenciando no abandono dos seus carrinhos:

Tempo de carregamento da página

Ninguém gosta de efetuar compras online em uma página lenta, que demora a carregar. Isso dificulta a experiência de compra do cliente, podendo até o deixar inseguro sobre a compra e sobre a reputação da sua empresa.

Embora em muitas páginas do seu e-commerce seja tentador adicionar várias fotos e vídeos — o que pode deixar a página bem pesada —, evite fazer isso nas páginas do seu checkout. Caso contrário, um carrinho abandonado será uma consequência quase certeira.

Problemas técnicos

Um tempo de carregamento alto até pode ser considerado um problema técnico, mas aqui estamos falando daqueles erros grosseiros que acontecem durante as navegações.

Se o seu cliente se depara com muitas páginas de erro, produtos inexistentes e fotos que não abrem, a probabilidade dele ficar com medo de deixar dados sensíveis necessários para a finalização da compra no seu site são bastante grandes.

Especialmente quando esses erros acontecem na parte do checkout. Aí sim, é carrinho abandonado na certa.

Frete alto e prazo de entrega

Muitas vezes, as opções de frete não são satisfatórias. Todo mundo quer receber o seu produto o mais rápido possível e com o menor custo, portanto, verifique se as suas opções de frete estão atendendo às suas regiões de interesse de forma rápida e barata.

Contar apenas com os Correios pode ser um problema em casos de atuação em cidades muito grandes, que dispõem de outras opções mais rápidas de envio. Em casos de produtos com cubagem muito alta, por exemplo, é certo que a estatal vai te deixar na mão. Por isso, o ideal é fechar contrato com várias modalidades de entrega (Correios, transportadoras, motoboys e até bicicletas!), oferecendo sempre a opção mais viável ao seu cliente.

Muitas informações

Seu cliente pode ficar com preguiça de concluir a compra se seu checkout tiver muitas etapas ou pedir informações demais. Embora, novamente, seja tentador ter muitas informações do seu cliente, nesse momento você precisa focar em apenas quatro coisas: e-mail de contato, informações para emissão de nota fiscal, seu endereço de entrega e sua forma de pagamento.

O e-mail é o mais importante, pois é a partir dele que poderemos tentar reativar algum carrinho abandonado que não tenha sido finalizado. As informações de entrega, obviamente, são necessárias para entregar o produto. Para faturar a nota fiscal, você vai precisar de algumas informações especiais como CPF ou CNPJ. E por último, a forma de pagamento.

Quanto menos informações forem necessárias para você conseguir concluir estas quatro etapas, melhor. Concentre-se em querer saber endereços complementares, informações de como ficou sabendo da loja, o que ele achou da marca, entre outras informações desnecessárias para a conclusão da compra em campanhas de e-mail marketing ou de enriquecimento de bases.

Reputação da sua loja

O caminho para ser uma loja de sucesso não é fácil. Se você está começando, pode se tornar ainda mais difícil converter clientes em venda, e muitas vezes o carrinho abandonado é só uma consequência de uma loja com reputação duvidosa.

Para tentar mitigar isso, é importantíssimo ter redes sociais com uma boa aparência, sempre atualizada e com todos os clientes respondidos. Campanhas com foco em ampliar o conhecimento da sua marca também são importantes, e você pode contar tanto com seus próprios materiais quanto com a ajuda de digital influencers, que podem dar aquela chancela que falta para o seu negócio.

É nas redes sociais que muitos dos clientes vão buscar informações sobre a sua loja ou marca, então, estar ativo ali é um bom sinal para o cliente — ele sabe que vai poder contar com seu apoio se algum problema acontecer.

O mesmo vale para sites como Reclame Aqui ou Google Meu Negócio. Depois de um certo número de pedidos, é impossível que problemas não aconteçam. E uma hora seu SAC vai falhar — e os clientes vão procurar este tipo de ferramenta para reivindicar seus direitos.

Ter avaliações negativas nestes sites é um sinal de que sua loja está escalando. O que é ótimo! Mas lembre-se de responder a todos com clareza, deixando claro para um eventual consumidor que você está ali para resolver problemas assim que eles acontecerem. Parece algo indireto, mas ajuda muito na diminuição de carrinho abandonado.

5 formas de aumentar sua conversão de carrinhos abandonados na sua loja virtual

Listamos aqui as principais técnicas para converter um carrinho abandonado em vendas e aumentar seu faturamento. Venha descobrir!

Agora que você já entendeu o problema, vamos te ajudar a solucioná-lo!

Selecionamos aqui as X principais estratégias que vão facilitar sua vida como gestor de e-commerce e ajudar a melhorar suas taxas de abandono para facilitar o atingimento das suas metas. Confira!

1. Tenha um checkout inteligente

A página de checkout da loja on-line precisa ser inteligente, para favorecer a venda. Nesse sentido, menos é mais!

Simplicidade deve ser uma das características dessa etapa do processo, pois o excesso de informação ou de solicitação de dados pode afastar o consumidor. Os formulários precisam passar por uma revisão, na qual elimina-se os campos que são desnecessários. Uma boa opção é permitir o cadastro a partir das informações extraídas das redes sociais (o chamado login social). O foco, portanto, deve ser no que incentiva a venda!

O checkout ainda precisa oferecer múltiplas opções de pagamento, bem como de frete. Sem esse poder de escolha, o consumidor poderá se sentir desestimulado a continuar. E não se esqueça de que muitos consumidores utilizam seus smartphones para comprar on-line. Então, a página de checkout deve estar otimizada para mobile.

2. Automatize alertas que ajudam a converter carrinho abandonado

É muito fácil se distrair na internet, não é verdade? Se você pudesse, temos certeza de que chamaria a atenção de cada comprador para que nenhum deles perca o foco. A boa notícia é que isso é possível: uma boa plataforma de e-commerce conta com diversas ferramentas de automação, que ajudam a recuperar o carrinho abandonado.

Por isso é que comentamos que o e-mail é a primeira informação que você precisa coletar do seu cliente. Sem isso, suas opções para converter um carrinho abandonado em vendas ficam mais limitadas. Veja alguns exemplos de possibilidades que a automação auxilia na conversão de um carrinho abandonado em vendas:

Lembrete de Pagamento

O consumidor recebe um e-mail informando que o pagamento do pedido se encontra em aberto, permitindo o acesso à página para finalizar a compra ou entrar em contato com a loja.

Alerta de Carrinho Abandonado

Produtos foram adicionados ao carrinho, mas não houve avanço no pedido? A plataforma de e-commerce pode enviar um alerta incentivando a conclusão da compra. Dependendo do caso, pode oferecer um desconto!

Cupom de Desconto

A estratégia já é batida, mas ainda muito eficaz para trazer clientes de volta! Oferecer um cupom de 5 ou 10% é uma tática interessante para fazer aquele cliente que estava quase comprando, mas deixou seu carrinho abandonado por causa de poucos reais.

Esta possibilidade pode ser um complemento às duas de cima: você pode optar por enviar o cupom imediatamente ou então programá-lo para ser enviado alguns dias após o abandono.

Só tome cuidado para não “viciar” seu cliente — esta não deve ser uma prática padrão da sua loja. Caso contrário, seus clientes vão sempre esperar esse e-mail chegar (o que até pode aumentar sua conversão, mas vai diminuir suas margens de lucro).

Notificações por Push

Mas é desnecessário falar sobre a quantidade de celulares acessando a internet hoje em dia, não é mesmo? A maioria dos sites já possuem maior parte dos seus acessos via mobile, então, as notificações por push são uma ótima forma de diminuir o abandono do seu carrinho de compras.

Mas essa opção só é válida para quem tem a opção dentro da plataforma. Caso contrário, é necessária a contratação de uma ferramenta parceira para fazer a ação acontecer.

Algumas dessas ferramentas, inclusive, permitem o envio das notificações até mesmo para aparelhos desktop. E isso pode ser mais um complemento nas suas formas de diminuir o carrinho abandonado.

3. Permita a opção “salvar carrinho”

Se o consumidor inclui itens no carrinho e precisa de tempo para pensar, salvar sua compra é uma boa opção. Contudo, é fundamental que a loja estipule um tempo para que isso expire Deixar o carrinho salvo por tempo indeterminado pode prejudicar sua gestão, pois alguns itens ficam reservados no estoque em algumas plataformas, evitando sua saída.

4. Ofereça outras opções de frete

Como já falamos, esse é um ponto que requer bastante atenção. O Brasil tem dimensões continentais e há compradores on-line em todas as regiões. No entanto, o preço do frete não costuma ser amigável com quem mora distante dos grandes centros.

Sua plataforma de e-commerce precisa estar integrada com uma rede de transportadoras distintas para que o consumidor escolha o frete mais vantajoso e, dessa forma, evite o abandono de carrinho quando descobrir o alto valor da entrega. Quanto mais opções de frete, maiores as possibilidades de um fechamento suave da venda.

A forma mais fácil de fazer isso é através de um gateway de fretes, também chamados de integradores ou hubs. Indicamos a Frenet ou a Melhor Envio!

5. Faça campanhas de remarketing

Se você já atua com campanhas de performance, as campanhas de remarketing são fundamentais para diminuir suas taxas de abandono de carrinho.

Carrinho Abandonado

Isso porque, juntamente com os lembretes por e-mail, esse formato de campanha permite que você traga o seu cliente de volta para a sua loja depois dele ter deixado o carrinho abandonado, desistindo no meio da compra.

São aqueles famosos anúncios perseguidores, que atormentam os usuários por dias a fio.

A vantagem destes anúncios em relação ao e-mail é que, mesmo que você não tenha coletado o endereço de correio eletrônico do seu cliente, o remarketing pode agir. Basta ter as tags do Google e do Facebook/Instagram instaladas corretamente no seu e-commerce.

Ainda é possível realizar tais campanhas por meio de outros parceiros, mas apenas apostando em criativos eficazes nas duas redes mencionadas acima, você já consegue diminuir e muito a sua taxa de carrinho abandonado.

Ah, e ela fica ainda mais eficaz se você oferecer aquele cupom de desconto!

Converter carrinho abandonado em vendas é um desafio que pode ser superado por meio de conhecimento e de boas ferramentas agrupadas em uma plataforma de e-commerce completa e funcional. E claro, é sempre bom contar com uma agência parceira para poder te auxiliar na implementação de todas estas ferramentas.

Gostou das dicas? Então inscreva-se em nossa newsletter para receber outras dicas e aumentar a conversão no e-commerce! O formulário está no fim da página.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: