Como definir metas para sua loja virtual

Publicado 17/02/2021

Já falamos aqui sobre os principais indicadores para uma loja virtual. Agora, é hora de você entender como definir metas para o seu e-commerce, utilizando esses indicadores para montar seus objetivos. 

Entender como definir metas de maneira coerente é muito importante para a lucratividade da sua loja online, já que para isso, é preciso traçar objetivos mensuráveis, específicos, tangíveis e alcançáveis.

Saiba mais com a gente!

Definindo quais indicadores medir

A meta não se trata de um número estipulado de maneira arbitrária, com uma projeção mensal crescente de maneira aleatória. Na verdade, o processo de definir metas de verdade se trata de quebrar o seu faturamento em indicadores menores, que representam quais fatores precisam ser trabalhados em conjunto para que o resultado em receita apareça.

Para definir as suas metas e os indicadores que serão observados para alcançá-la, você precisa fazer o levantamento de alguns dados:

  • Qual o valor da receita desejada, em reais?
  • Quanto é o ticket médio da sua loja virtual, em reais?
  • Quantas vendas são necessárias para alcançar o valor da receita desejado?
  • Em quanto está o seu Custo de Aquisição de Clientes (CAC)?
  • Como será o acompanhamento para mensurar vendas e otimizar os processos?

Lembre-se que as principais metas na gestão da loja virtual são:

  1. Faturamento
  2. Margem de lucro
  3. Taxa de conversão
  4. Ticket médio
  5. Disponibilidade de estoque

Como definir metas para os principais indicadores do e-commerce

Como definir metas para sua loja virtual

Você vai entender um pouco melhor sobre estes itens e como definir metas para cada um deles ao longo do texto:

1. Faturamento

O primeiro passo em como definir metas no e-commerce é definir um percentual bruto de receita para o ano em questão, ou um valor fixo a ser atingido. Depois, é preciso estabelecer novas metas periódicas, por exemplo, mensais. Mas isso não significa dividir a meta anual pelo número de meses e achar que é assim que você vai chegar ao fim do ano com a meta batida.

Na verdade, a meta de faturamento deve levar em conta a arrecadação projetada para cada mês, observando os períodos de maior e menor movimento em sua loja virtual. Por exemplo: a meta de Natal, Dia dos Namorados, Dia das Mães e outras datas comemorativas não podem ser as mesmas de meses sem apelo comercial semelhante, ou sem uma campanha específica.

Portanto, no processo de como definir metas de faturamento, observe o seu histórico de vendas, avalie seu grau de crescimento no mercado e a condição de atingir novos públicos com o seu produto.

2. Margem de lucro

A margem de lucro é o valor adicionado aos custos totais de seu produto ou serviço para formar o preço final da comercialização. Então, a sua meta deve ser referente à quantidade de dinheiro que você precisa para atender os compromissos importantes ao seu negócio, como pagamento de fornecedores e mão de obra, a sua renda anual, as despesas operacionais, entre outros.

É importante manter uma meta de lucratividade pois ela vai indicar se você está dependendo muito de produtos promocionados, que naturalmente possuem uma margem de lucro menor. Se for o caso, será preciso rever as estratégias de venda para uma melhor conversão de produtos no preço cheio.

3. Taxa de conversão

As taxas de conversão são valores que você precisa sempre estar de olho se você deseja bater as metas de faturamento e lucro. Se você lançou recentemente a sua loja, é normal que a taxa de conversão gire em torno dos 0,5%. No Brasil, a média tem se dado em 1,5%, de acordo com dados do e-commerce Brasil.

É importante manter as taxas de conversão sempre em alta, pois ela é quem define se os visitantes da sua loja virtual estão entrando “só para dar uma olhadinha” ou se estão na sua loja para comprar, de fato.

4. Ticket médio

Ticket médio é o valor médio que cada cliente gasta em suas compras em seu e-commerce. Quando você entende o ticket médio da sua loja virtual, pode projetar a sua meta e bolar ações para aumentar esse valor.

Esse é um dos indicadores que podem ser ainda mais detalhados: você pode acompanhar o número de itens vendidos, valor médio do item, número de itens por pedido e por aí vai. Com um ticket médio mais alto, você irá depender de menos vendas para bater a sua meta.

5. Disponibilidade de estoque

O controle de estoque é outro fator fundamental para a saúde do seu e-commerce. A meta deve ser definida de acordo com o quanto você está disposto a vender mensalmente, o quanto você precisará repor, e o quanto de dinheiro você pretende investir de forma que o estoque devolva o lucro investido o mais rápido possível.

Esta é outra meta que tem importância crucial para uma boa experiência do cliente — ninguém gosta de entrar em uma loja com produtos esgotados. Manter os estoques sempre disponíveis é fundamental para uma loja virtual de sucesso.

Como definir metas para os principais indicadores do e-commerce

Todo o processo de como definir metas para o seu e-commerce dá trabalho, mas é um passo fundamental para o crescimento do seu negócio. O importante é estar preparado para investimentos e para o crescimento, sempre com foco em metas coerentes com o seu negócio.

Agora que você sabe como definir metas para a sua loja virtual, está pronto para colocá-las em prática? Para avançar neste conhecimento, que tal entender um pouco mais sobre o mercado dos varejos digitais? Clique aqui e conheça mais sobre o BOPIS, este conceito que veio para ficar!

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: