Como ser um bom gerente de loja? 21 dicas para o sucesso

Publicado 28/03/2022

Você sabe como ser um bom gerente de loja? Essa pergunta ecoa na mente de muitos empreendedores e gestores que estão em busca do perfil ideal para assumir a gerência do seu ponto de venda, independentemente de ser físico ou virtual.

Antes de ver o que caracteriza um bom gerente de loja, você deve saber exatamente o que ele faz. As tarefas desse profissional envolvem o planejamento, a organização e o controle das rotinas de varejos e atacados.

O gerente de loja ainda lidera equipes, faz a gestão do estoque, programa as compras e garante que todas as mercadorias estejam arrumadas. Ainda tem mais, viu? Ele acompanha o fechamento do caixa, o faturamento e os indicadores de resultados — afinal, é um profissional que precisa trabalhar para alcançar os objetivos da empresa.

Agora que você conhece as funções desse profissional, vamos ver em detalhes como ser um bom gerente de loja? Continue a leitura para saber a resposta em 21 dicas de sucesso.

1. Conhecer as pessoas que lidera

A primeira dica sobre como ser um bom gerente de loja é conhecer bem os perfis de cada colaborador que gerencia. Liderar envolve a busca pelo autoconhecimento e o conhecimento em relação às demais pessoas. É buscar entendê-las.

Como você pôde notar na introdução deste artigo, o gerente de loja possui uma série de responsabilidades, portanto, deve ter muito autoconhecimento. Além disso, precisa lidar com diferentes pessoas, que por sua vez têm necessidades distintas. É sobre gostar de trabalhar com gente, sabe?

O gerente de loja deve ser uma pessoa paciente, humilde, abnegada, honesta e compromissada. Todas essas características contribuem para uma rotina proveitosa com o time, além de influenciarem diretamente no próximo tópico.

2. Ser um influenciador para a equipe

Aproveitando o gancho do tópico anterior, as características listadas acima são fundamentais para que o gerente de loja lidere pelo exemplo.

Não tem erro: líderes como o gerente de loja devem desenvolver uma série de habilidades específicas e agir de maneira coerente. Se ela prega organização na gestão de estoque, mas é uma pessoa desorganizada, rapidamente cai no descrédito dentre os colaboradores dessa área.

Para saber como ser um bom gerente de loja, esse profissional deve manter o alinhamento entre ações, decisões e discursos. Além disso, precisa obedecer a todas as normas e políticas internas. Agindo assim, consegue incentivar o time de vendedores e atendentes a assumir uma conduta semelhante.

3. Escutar os colaboradores

A terceira dica sobre como ser um bom gerente de loja é saber escutar os colaboradores.

Ouvir é o processo mecânico do sentido da audição. Está além de sua vontade, a não ser que decida tapar os ouvidos. Já a escuta depende do desejo de prestar atenção e entender o que está sendo dito, além de refletir. Sendo assim, escutar os colaboradores requer conversas de mente aberta, ou seja, sem especulações ou hipóteses acerca das experiências de cada um.

Tenha em mente que cada um tem vivências próprias e sentimentos únicos, além de necessidades específicas. Há indivíduos por trás dos cargos que exercem, então nunca se esqueça disso.

4. Se comunicar de forma transparente

Continuando nossa lista de 21 dicas sobre como ser um bom gerente de loja, a quarta envolve a comunicação transparente. Uma boa comunicação ajuda a evitar falhas e incentiva a equipe para percorrer o caminho certo. 

Para que sua comunicação seja objetiva e transparente, veja os detalhes no infográfico abaixo:

Infográfico sobre como ser um bom gerente de loja, que traz dicas práticas para ter uma comunicação objetiva e transparente. Ele fala, por exemplo, sobre ter uma conversa clara, ajudar os demais a se expressarem e se atentar à expressão corporal.

Uma comunicação transparente e objetiva traz diversas vantagens aos indivíduos, grupos e para a empresa de modo geral. Isso é parte fundamental para entender, de fato, como ser um bom gerente de loja.

Este infográfico sobre como ser um bom gerente de loja traz sete tópicos sobre as vantagens de uma comunicação transparente e honesta. Ele destaca diversas coisas, como, por exemplo, deixar o time atualizado das informações relevantes.

Vale destacar que um ponto marcante dessa habilidade é sua contribuição para o aumento da autoconfiança. A rotina do gerente de loja tem questões como reatividades, vulnerabilidades e inseguranças.

Ao trabalhar essa comunicação mais positiva e direta, sempre de forma compreensível e respeitosa, o diálogo saudável é valorizado e priorizado.

5. Ser muito organizado

A organização também faz parte dessa lista de como ser um bom gerente de loja. O líder do seu ponto de venda, físico ou virtual, deve ter tudo bem planejado e saber quais serão os próximos passos, até para orientar corretamente a equipe.

O gerente de loja precisa trabalhar como um guia, dando o norte para que os seus colaboradores desenvolvam e realizem um bom trabalho. A questão é: sem organização e planejamento, isso tudo se torna impraticável.

Para manter a rotina em dia, o gerente precisa:

  • Utilizar aplicativos ou programas que organizem tarefas e compromissos;
  • Elencar as tarefas por prioridade;
  • Criar planos de trabalho diários, semanais, quinzenais, mensais, bimestrais, semestrais e anuais;
  • Incluir momentos de pausa;
  • Arrumar o espaço de trabalho;
  • Usar ferramentas exclusivas do trabalho, ou seja, não misturar celular pessoal com o corporativo.

6. Centralizar menos, delegar mais

A sexta dica sobre como ser um bom gerente de loja requer o entendimento acerca da importância de delegar tarefas, além de fazer isso da forma correta.

Quando o gerente de loja delega tarefas, ele prioriza ações mais estratégicas para o desenvolvimento do negócio. Também contribui para que os colaboradores se sintam mais valorizados e motivados. Isso ocorre porque eles têm a oportunidade de desenvolver novas capacidades, bem como obter reconhecimento.

Para centralizar menos e delegar mais, siga os passos abaixo:

  1. Conheça e domine todos os processos da loja para orientar, esclarecer dúvidas e medir resultados;
  2. Observe as habilidades dos colaboradores, a fim de saber quem é capaz de realizar a tarefa;
  3. Oriente de forma adequada, portanto, utilize uma comunicação objetiva e transparente;
  4. Antecipe problemas e oriente sua equipe;
  5. Meça os resultados do que foi feito;
  6. Ofereça feedbacks para que, na próxima tarefa, a equipe saiba o que ficou bom e o que pode melhorar.

7. Saber priorizar demandas e respondê-las rapidamente

Conhece a Matriz de Eisenhower? Trata-se de uma ferramenta prática, criada pelo ex-presidente dos EUA Dwight D. Eisenhower, usada como uma solução para evitar a procrastinação e estimular ações imediatas precoces. Se você está buscando saber como ser um bom gerente de loja, entender como aplicá-la é parte fundamental do processo.

A matriz permite que as demandas sejam definidas sem deixar nada de fora. Desse modo, as tarefas são priorizadas conforme a urgência e a importância. O que não precisa ser feito é descartado.

Infográfico sobre como ser um bom gerente de loja. Ele aborda sobre como priorizar minhas demandas usando a Matriz de Eisenhower. O conteúdo explica a matriz e seus significados.

8. Ter habilidade de analisar o cenário como um todo

Você sabe que o mundo atual passa por mudanças cada vez mais rápidas e intensas. Isso acaba influenciando negócios como os de varejo e atacado. Por isso, no tema sobre como ser um bom gerente de loja a análise jamais ficará de fora!

O gerente de loja, nesse cenário, precisa estar atento a essas mudanças, independentemente de serem no comportamento dos consumidores, na economia, nos governos ou nos concorrentes. Trata-se de ter a habilidade de analisar o cenário como um todo, para direcionar as estratégias a fim de obter sucesso em um ambiente mutante.

Para analisar o cenário dessa forma, tenha um pensamento estratégico e capaz de considerar o todo a partir de diferentes contextos. Conheça bem seus concorrentes e tenha uma opinião imparcial.

9. Se aprofundar em conhecimentos específicos

Quem quer ser bom em algo, deve buscar conhecimento para tal. Se o seu desejo é entender como ser um bom gerente de loja, aproveite agora para investir naquilo que você é habilidoso.

Existem diversos cursos que são importantes para um gerente de loja. Eles abordam temas como:

  • Vendas;
  • Gestão de estoque;
  • Marketing;
  • Gestão de pessoas;
  • Liderança.

O curso online de gestão de vendas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que possui duração aproximada de 8 semanas, desenvolve conhecimentos amplos acerca das políticas aplicadas no pipeline de vendas e a compreensão das estratégias e dos aspectos que favorecem a gestão de vendas.

10. Ficar atento às novidades

O mercado de trabalho está ficando cada vez mais exigente. Se você quer saber como ser um bom gerente de loja, saiba que é preciso manter-se atualizado para garantir a própria competitividade e sucesso.

Como ser um bom gerente de loja?

Nesse sentido, nossa primeira dica é o investimento em qualificações formais, ou seja, tanto em cursos de especialização quanto atualização. Desse modo, é possível saber o que acontece em seu mercado de atuação.

Participe também de congressos e eventos, pois são ótimos locais para estabelecer novas conexões em seu networking. Eles também fortalecem os antigos laços, sempre trazendo novidades para a discussão. Como estamos em um mundo cada vez mais globalizado, aproveite para aprender outros idiomas. 

11. Promover reuniões colaborativas

Chega de reuniões enfadonhas, que desperdiçam tempo e energia! Isso precisa ficar claro no seu processo de compreensão sobre como ser um bom gerente de loja. As reuniões colaborativas vão no sentido oposto, pois proporcionam um espaço para interações e discussões que são verdadeiramente significativas.

Para fazer uma reunião colaborativa, as dicas são:

  • Responsável: para facilitar a conversa;
  • Foco: para a reunião permanecer alinhada ao objetivo do encontro;
  • Desconexão: evita que as pessoas não deem atenção total ao que está sendo exposto.
  • Tempo: delimitado, para evitar conflitos de agenda;
  • Número de participantes: reuniões com muitos participantes acabam fazendo com que alguns não tenham vez e voz;
  • Planejamento: tópicos definidos para que todos saibam o começo, o meio e o fim;
  • Elementos de comunicação visual: facilitam a compreensão de determinados assuntos.

12. Incentivar a cultura de resultados

Líderes que buscam como ser um bom gerente de loja enfrentam um grande desafio: o de engajar os colaboradores em uma cultura de resultado. Essa cultura é capaz de beneficiar qualquer tipo de loja, seja física ou virtual.

Para implementá-la em seu ponto de venda, prepare-se com os passos a seguir:

  • Crie sua própria cultura de resultado: adapte as dicas e informações à realidade do seu negócio;
  • Aprenda a delegar tarefas: permite que as metas sejam compartilhadas por todos da equipe;
  • Tenha objetivos claros: facilita para que os colaboradores organizem suas rotinas e realizem o trabalho da melhor maneira possível;
  • Desenvolva a mentalidade do dono: explore a responsabilidade de seus funcionários com as suas metas e faça com que eles se sintam donos dos próprios projetos;
  • Faça reuniões colaborativas: os detalhes desse tipo de reunião estão no tópico anterior;
  • Comemore os resultados: essa é uma parte muito importante da cultura de resultados, pois valoriza quem deu o seu melhor.

13. Reduzir custos de forma inteligente

Custos mais altos que o seu lucro ou muito próximos dele indicam que o crescimento da loja está comprometido. Assim, ainda no tema sobre como ser um bom gerente de loja, esteja atento às finanças.

A redução de custos, principalmente diante de um cenário que tende a mudar cada vez mais rápido, envolve a análise dos seus processos para cortar custos com o transporte ou envio das mercadorias e negociar melhores valores com o fornecedor.

Aproveite para fazer uma boa gestão do estoque, entendendo a demanda de cada produto antes de armazená-los. Se desejar, nós temos um artigo bem bacana sobre cobertura de estoque. Avalie ainda as parcerias da loja e utilize o melhor da tecnologia para gerenciar finanças, automatizando processos.

14. Ter foco na lucratividade e na eficiência dos processos

Aproveitando o gancho dos tópicos sobre como ser um bom gerente de loja, é preciso tratar de publicidade.

Invista em ações de marketing para atrair mais clientes. Trabalhe naquelas de acordo com o seu público-alvo, tanto em canais físicos quanto online.

Amplie as vendas mostrando o valor dos produtos, principalmente aqueles que não são essenciais, mas que despertam o desejo de comprar. Treine os vendedores para que atendam cada vez melhor o público e veja a lista de clientes que não compram há algum tempo, para assim reativá-los.

Adote esses e outros processos como uma melhoria contínua, pois essa cultura traz benefícios para todas as áreas da loja. Estude os pontos de melhoria do seu ponto de venda e enfrente-os. Tenha tudo isso em mente na sua busca de como ser um bom gerente de loja.

15. Estabelecer e desenvolver planos de metas

O plano de metas requer a definição de objetivos e ações para atingi-los, a medição dos resultados e, sempre que necessário, a correção do rumo. Por isso, seu começo é justamente a definição dos objetivos, que podem ser:

  • Estratégicos;
  • Táticos;
  • Operacionais;
  • Indicadores.

Na sequência vem o plano operacional e o orçamento necessário para atingir os objetivos. Os resultados reais do plano são medidos para que o gerente de loja saiba qual é o status do planejamento. A correção de percursos vem sempre quando há uma oportunidade de melhoria.

16. Fomentar a competitividade saudável

A competição entre os vendedores e atendentes de uma loja é saudável. Ela aumenta a motivação, incentiva a criatividade e a inovação, além de diminuir o espaço da zona de conforto entre os colaboradores.

Quando o profissional está desanimado, principalmente por fazer sempre as mesmas tarefas diárias, o gerente pode estimulá-lo por meio de um programa interno de recompensas. Assim, o vendedor se sentirá desafiado a cumprir sua função. Será natural a conquista de resultados satisfatórios tanto para si como para a empresa.

Um adento sobre este tópico de como ser um bom gerente de loja: tenha cuidado com excessos! Fique atento ao ponto de equilíbrio, ou seja, priorizando candidatos que possuem perfil de disputa, promovendo igualdade e fornecendo feedback aos colaboradores de qualquer ação nesse sentido.

17. Ser proativo

Continuando nossa lista sobre como ser um bom gerente de loja, a liderança proativa coloca esse profissional em uma posição ativa. O gerente de loja proativo dá exemplos em vez de ordens, tem uma comunicação objetiva e transparente e trabalha bem para que suas equipes desenvolvam suas atividades.

O contrário do gerente proativo é o reativo, aquele que negligencia o resultado individual do vendedor. Já o proativo valoriza os resultados individuais e de equipe, além de identificar e trabalhar para prevenir eventos mais graves.

18. Ser flexível

Um gerente de loja flexível é aquele com alto grau de tolerância a incertezas. Ele sabe lidar bem com mudanças rápidas e inesperadas. É o caso das que envolvem o comportamento do consumidor, o mercado e os próprios colaboradores. 

Para saber como ser um bom gerente de loja, é necessário permitir-se ser influenciado, ou seja, analisar todos os pontos de vista e se preocupar menos em defender ou confirmar as próprias crenças. Trata-se de escolher o coletivo sobre o individual, sem demonstrar preferência por status ou símbolos de poder.

19. Atuar em pontos estratégicos da loja

Mais uma dica de como ser um bom gerente de loja: atue em pontos estratégicos da loja. Aqueles que estão indo bem merecem mais autonomia, enquanto os demais que carecem de atenção necessitam de total apoio.

Como ser um bom gerente de loja?

Sendo assim, o bom gerente de loja tem uma visão 360 do negócio, mas possuir a sensibilidade de apoiar quem mais precisa. Como bom estrategista, o gerente de loja delega mais naqueles setores que estão indo bem e assume mais responsabilidades nos que ainda não estão ok. Desse modo, direciona a equipe para o caminho certo.

20. Conhecer e acompanhar indicadores

Ainda no tema de como ser um bom gerente de loja, saiba que você precisará acompanhar indicadores como:

  • Valor de faturamento;
  • Volume de vendas;
  • Quantidade de clientes atendidos;
  • Margem de lucro;
  • Satisfação dos clientes;
  • Valor de descontos concedidos;
  • Percentual de descontos concedidos;
  • Tíquete médio por venda;
  • Média de itens por venda;
  • Rotatividade de pessoal;
  • Assiduidade dos colaboradores;
  • Desempenho individual e em equipe.

21. Ser o maestro da relação da marca com o cliente

Se você deseja saber como ser um bom gerente de loja, basta ter em mente que esse profissional é o maestro da relação da marca com o cliente. Ele entende de produto, marketing e vendas. O gerente de loja é um líder que acompanha índices como rotatividade de pessoal, crescimento das vendas, metas e objetivos.

Como maestro, ele promove a harmonia da equipe. Além disso, dita o ritmo que o negócio precisa para alcançar seus objetivos, bem como promove o engajamento de todos os colaboradores.

Gostou das dicas de como ser um bom gerente de loja? Aproveite para assinar nossa newsletter e receber por e-mail outros conteúdos como este!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: