Entenda a importância de um ERP para o seu e-commerce

Publicado 11/11/2021

A evolução do e-commerce transformou significativamente a maneira como uma empresa pode administrar seus negócios. E a importância de um ERP tem mais peso do que nunca. O comércio online moderno é acelerado, evolui rapidamente e nunca deixa de surpreender. Onde a competitividade é fundamental, os lojistas online aceitam a necessidade de encontrar novas maneiras de expandir seus mercados e operações.

Sua natureza virtual e modelo de custo enxuto podem tornar tudo isso relativamente fácil, mas, ao lado de outros fornecedores, um e-commerce só pode obter sucesso a longo prazo ao agilizar processos, encontrar eficiências de fornecimento, reduzir custos e inventar novas maneiras de atrair e reter clientes.

Hoje, quase todas as empresas modernas têm pelo menos parte de seus negócios operando online e, na última década, o Enterprise Resource Planning (ERP) tornou-se um ingrediente essencial para isso.

Ter um sistema integrado que fornece velocidade e consistência é, por si só, de grande valor, mas, quando consideramos a importância de um ERP intimamente integrado às vendas online, a solução geral oferece possibilidades de virar de jogo.

O que é o Enterprise Resource Planning (ERP)

O Enterprise Resource Planning (ERP) é um software de gerenciamento de processos de negócios que ajuda empresas de qualquer escala a gerenciar automaticamente uma tonelada de dados usando um sistema de aplicativos integrados.

Há uma variedade de ERPs projetados para lidar com dados em vários setores, como tecnologia, contabilidade e finanças, recursos humanos, serviços e manufatura e distribuição.

Notavelmente, as empresas que vendem online dão a devida importância de um ERP, usando-o no back-end para lidar com informações do cliente, informações do produto, preço do produto, gerenciamento de estoque, gerenciamento de pedidos, remessa, impostos, processamento de pagamentos e assim por diante.

Isso porque qualquer que seja o front-end é necessário passar informações do front-end para o ERP para o back-end e vice-versa. Para proporcionar uma experiência perfeita ao usuário, as duas entidades devem trabalhar lado a lado no compartilhamento de informações.

Após o recebimento de um pedido online, a inserção manual de pedidos de vendas e informações do cliente no ERP é suscetível a erros. Nessas tarefas, quanto menos intervenções manuais, melhor o resultado.

A integração de sites de ERP e comércio eletrônico apresenta várias tarefas automatizadas e compartilhamento agendado de dados entre eles. Além disso, com o aumento das vendas e da demanda online, ter uma loja sofisticada se torna uma necessidade.

Com todas estas funcionalidades, fica clara qual a importância de um ERP na vida de qualquer empresa, não é mesmo?

A importância de um ERP no e-commerce

Entenda qual a importância de um ERP

A integração bem-sucedida entre e-commerce e ERP fornece um fluxo otimizado dos processos de negócios. Esse recurso ajuda na rápida transferência de informações necessárias para atender à demanda. Informações como detalhes de pedidos de vendas, perfis de clientes, disponibilidade de estoque, preços e outras análises financeiras estão facilmente disponíveis.

Fundamentalmente, essa troca de dados precisa ser instantânea e bidirecional. A beleza dessa tecnologia, é claro, é que é o cliente que entra no pedido, não o comprador. Uma vez que o pedido está ativo, o sistema assume o controle. Ao projetar habilmente essas etapas, uma empresa pode atingir escalabilidade ilimitada e espaço para crescimento.

Sem essas funções avançadas, há um risco real de erro e baixo desempenho de entrega, resultando em menor experiência do cliente. Os varejistas tradicionais já viram seu comércio cair e a participação de mercado arrebatada por operadores mais brilhantes e modernos.

Portanto, se considerarmos a importância do processamento bidirecional, não apenas os pedidos serão transmitidos sem esforço para o ERP, como também existe a oportunidade de fornecer dados da promessa de entrega ao cliente usando regras de estoque ou reabastecimento durante toda a vida útil do pedido.

Onde existem restrições de recursos, a natureza dos dados significa que as decisões corretivas de cumprimento podem ser tomadas prontamente e o fornecimento gerenciado com mais confiança, com base em níveis mais altos de visibilidade da oferta.

Tudo isso leva a uma empresa que desfruta de mais flexibilidade e libera recursos importantes para se concentrar em atividades de agregação de valor, como marketing e cadeia de suprimentos.

Em resumo, a integração entre ERP e e-commerce permite:

  • Aproveitar os dados existentes de clientes, produtos, vendas, inventário e envio;
  • Reduzir o custo de estoque, tendo uma melhor visibilidade da demanda de vendas;
  • Eliminar entrada manual redundante;
  • Simplificar os processos de venda do site até a entrega;
  • Notificar os clientes quando os pedidos forem enviados;
  • Aumentar a produtividade interna;
  • Gerar melhor análise financeira;
  • Gerenciar vários canais de vendas online e offline para maximizar a receita e o lucro;
  • Atender aos requisitos fiscais com conformidade tributária automatizada;
  • Permitir que os clientes acompanhem a entrega do produto em um único portal.

Especialmente em e-commerces, a importância de um ERP robusto e confiável é notória.

Agora que você conhece a importância de um ERP, pode ser que tenha dificuldades em escolher uma plataforma para a sua loja. Se você deseja superar estas barreiras, clique aqui e descubra os segredos de como fazer isso com sucesso!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: