Os 6 indicadores mais importantes para o varejo

Publicado 18/01/2021

Você sabe para que serve um indicador de desempenho? Como o próprio nome já diz, ele indica o resultado obtido em um período determinado.

Muitas vezes, ao compararmos duas ações de marketing (uma liquidação, por exemplo), ninguém sabe explicar o motivo da diferença entre duas ações tão parecidas. Para isso é preciso os indicadores de desempenho — eles ajudam a explicar os resultados que são obtidos e a mensurar como anda o desempenho na busca por um objetivo.

Também conhecidos como KPIs (key performance indicators), os indicadores de desempenho acompanham a performance da sua loja para que você possa definir onde investir seus esforços a fim alcançar suas metas.

Há muitos KPIs que podem ser utilizados no varejo, porém, uma grande quantidade de indicadores pode atrapalhar mais do que ajudar. O importante é saber quais indicadores usar (e não quantos), sabendo definir suas metas com precisão.

Para ajudar nessa tarefa tão importante, preparamos uma lista de indicadores que ajudarão gestores empenhados a mensurar os seus números no varejo. Confira!

Faturamento Bruto

Esse indicador de desempenho, por ser o mais fácil de mensurar, é o mais utilizado pelos gestores de lojas. Ele consiste no total recebido com as vendas em determinado período. Com esse KPI, é possível identificar se a meta de faturamento foi alcançada e comparar ao lucro para saber se o investimento trouxe resultado. Para calcular o faturamento bruto, basta multiplicar o volume de vendas pelo preço unitário do produto.

FATURAMENTO BRUTO = VOLUME DE VENDAS X PREÇO UNITÁRIO

Para entender melhor os resultados vale comparar o faturamento bruto desejado com o que foi realizado e com o faturamento bruto do mesmo mês, mas do ano anterior. Dessa forma é possível calcular o crescimento e o alcance da meta. 

Faturamento Líquido

O faturamento líquido consiste no faturamento bruto menos os impostos, custos fixos e custos variáveis. Esse indicador é importante porque demonstra se o período de venda corresponde a um período de lucro ou de prejuízo e a saber quanto realmente está disponível no caixa para os investimentos em melhorias.

Margem de contribuição

Indicadores no Varejo: Margem de Contribuição

A margem de contribuição é um indicador de como o lucro obtido com cada venda contribui para a manutenção de custos e despesas variáveis. Com esse indicador é possível definir o valor disponível para o pagamento das despesas fixas, por exemplo. 

Para calcular esse KPI é preciso diminuir os custos diretos e despesas variáveis do faturamento líquido. Por isso, é necessário saber a diferença entre custos e despesas variáveis: custos são os valores gasto com a aquisição e transporte da mercadoria, e as despesas correspondem aos gastos com comissões e impostos, que podem variar de mês a mês.

Lucratividade

Para saber se o negócio está gerando receita suficiente para arcar com os gastos e ainda assim gerar lucro, o KPI de lucratividade é o mais utilizado. Ele consiste na divisão do lucro líquido pelo faturamento bruto. Se a empresa apresenta um bom faturamento mas seu lucro está baixo, com esse indicador é possível investigar onde está o problema na soma. 

Tempo médio de estoque

O tempo médio de estoque corresponde ao prazo médio em que uma peça permanece no estoque em um determinado período. Esse indicador auxilia na gestão de estoque — o indicador responsável por não deixar faltar ou encalhar peças no depósito com o objetivo de prevenir perdas. Para obter esse KPI, é preciso dividir o estoque médio pelo valor da venda de um determinado período e multiplicar pelo número de dias.

Para calcular o tempo médio de estoque é preciso definir o estoque médio, que corresponde à soma do estoque inicial com o estoque final e dividir o resultado por dois. 

Indicadores no Varejo: Tempo Médio de Estoque

Taxa de Rotatividade 

Também conhecido como turnover, essa taxa corresponde a rotatividade de funcionários e fala bastante sobre o clima interno da empresa e sobre problemas com liderança. Com esse indicador, é possível saber se a equipe está unida e comprometida ou se faltam incentivos.

Para calcular esse KPI, é preciso somar o número de demissões ao número de admissões, dividir por 2 e multiplicar pelo número total de funcionários atuais. Essa é uma das avaliações mais importantes para a sua loja.

Está convencido de que é importante usar indicadores para saber como vai o seu negócio? Então é hora de partir para novos desafios. Acesse nosso blog e confira nossos artigos sobre o mercado varejista.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: