Marketing digital para empresas: como escalar suas vendas pela internet?

Publicado 08/07/2022

O marketing digital para empresas é um poderoso aliado para alavancar as vendas. Você pode não apenas aumentar os pedidos e receitas do seu negócio, mas também trazer o consumidor para mais perto da sua marca, de olho em relacionamento e fidelização.

Mas você sabe quais são as melhores estratégias para isso? E quais resultados você realmente pode obter com o marketing digital? Neste artigo, vamos explicar como você pode escalar as suas vendas pela internet aplicando as melhores estratégias e ferramentas. Acompanhe!

Quais resultados esperar do marketing digital para empresas?

O marketing digital é um conjunto de estratégias e ferramentas usadas para alcançar diferentes objetivos de negócio. De maneira geral, estes são os principais benefícios que você pode obter com o marketing digital para empresas:

  • Aumentar as vendas;
  • Atrair mais interessados;
  • Gerar mais leads;
  • Estreitar relacionamento com clientes;
  • Construir autoridade no mercado;
  • Otimizar os investimentos em marketing;
  • Otimizar o processo comercial.

O principal resultado que você deseja atingir, certamente, é o aumento nas vendas. Afinal, é isso que garante a existência e crescimento do seu negócio. Mas perceba que todos os outros resultados que o marketing digital entrega levam, indiretamente, a aumentar as vendas.

A construção de relacionamento com os consumidores, por exemplo, tende a gerar clientes mais satisfeitos e fiéis, que voltam a comprar mais vezes. Esse é um dos grandes benefícios do marketing digital, cujas ferramentas favorecem a interatividade com os usuários.

Além disso, os custos envolvidos no marketing digital tendem a ser mais acessíveis que os do marketing offline, com mais controle e eficiência nos seus investimentos. Dessa forma, todo o processo comercial se torna mais otimizado, desde a atração de potenciais clientes até o fechamento das vendas.

O que pode influenciar nos resultados do marketing digital?

O que pode influenciar nos resultados do marketing digital?

Os resultados que o marketing digital para empresas entrega dependem de alguns fatores. Vamos analisar agora o que pode influenciar nisso: 

Maturidade da equipe

A maturidade da equipe tem tudo a ver com os resultados. Se o seu time compreende as particularidades do marketing digital, conhece as ferramentas e sabe como explorar todo o seu potencial, é mais provável que você atinja os objetivos que deseja alcançar.

Planejamento e consistência

Se você tem um planejamento e cumpre os planos com consistência, os resultados também tendem a ser mais consistentes. Afinal, o planejamento define o que você quer alcançar e as estratégias que deve adotar para isso. Dessa forma, você não se perde no caminho.

Investimentos

Marketing digital tem muitas opções de ferramentas orgânicas, que permitem ter resultados sem precisar investir em mídia. Porém, quando a empresa tem um plano de investimentos em mídias pagas, ferramentas, treinamentos e contratações, isso pode gerar muito mais retorno.

Nicho de atuação

O marketing digital é para empresas de qualquer porte, segmento e localização. Mas o nicho de atuação pode influenciar nos resultados que cada estratégia entrega, já que uma pode servir melhor para determinado segmento que outra.

Quais estratégias de marketing digital utilizar para escalar as vendas pela internet?

Agora, vamos analisar quais são as principais estratégias de marketing digital para empresas que você pode utilizar para escalar suas vendas. Acompanhe: 

Mídia de performance

Mídia de performance são estratégias de marketing digital para empresas focadas em resultados e fundamentadas na análise de dados.

Ok, talvez você pense que toda estratégia é focada em resultados, não é?

Sim, mas a diferença aqui é que esses resultados são sempre acompanhados por meio de dados, que monitoram as métricas de desempenho e embasam as decisões de quais investimentos fazer.

Além disso, as mídias de performance permitem segmentar o público-alvo das suas campanhas de maneira precisa. Assim, você alcança exatamente quem deseja, o que tende a dar um retorno mais rápido e eficiente.

Quando se fala em mídia de performance, geralmente se refere a mídias pagas, como anúncios no Google Ads e no Facebook Ads. A seguir, vamos conhecer melhor algumas das principais estratégias e canais de mídia de performance que você pode utilizar.

Anúncios no Google Ads

Google Ads é uma das principais plataformas de mídia paga da internet. Trata-se da ferramenta de publicidade do Google, que permite criar anúncios não só para o buscador, mas também para uma grande rede de sites parceiros que alcançam quase toda a web.

No Google Ads, você pode criar anúncios de:

  • Links patrocinados: anúncios de texto para a rede de pesquisa do Google;
  • Mídia display: anúncios gráficos para a rede de display do Google;
  • Google Shopping: anúncios de produtos para a rede de Shopping do Google;
  • Vídeo: anúncios em vídeo para o YouTube;
  • Discovery: anúncios de diferentes formatos para YouTube, Discover e guias “Promoções” e “Social” do Gmail.

Anúncios em redes sociais

As principais plataformas de rede social — Facebook, Instagram, TikTok, Twitter, LinkedIn e Pinterest — oferecem ferramentas de publicidade.

Uma das principais é o Facebook Ads, que permite criar anúncios para o Facebook, o Instagram, o WhatsApp e o Messenger. Nessas redes, você pode explorar os mais diversos formatos de mídia e segmentar o público-alvo das campanhas com base em seu perfil e comportamentos.

Ao escolher as redes sociais para suas campanhas de publicidade, pense no perfil da plataforma. O LinkedIn, por exemplo, é mais corporativo, com pessoas interessadas em negócios, enquanto o TikTok é mais divertido e dinâmico, com um público jovem. É uma ótima aposta no marketing digital para empresas.

Retargeting

Retargeting é uma estratégia bastante efetiva de mídia de performance. Consiste em exibir anúncios para usuários que já tiveram alguma interação com a sua marca, como acessar uma página do site ou deixar um produto no carrinho.

Como o usuário já conhece a marca e já demonstrou interesse, a publicidade tem a intenção de fazê-lo voltar. Por isso, esse tipo de campanha tende a apresentar altas taxas de conversão.

Mídia programática

Entre as táticas de marketing digital para empresas, a compra e venda de anúncios na internet se torna mais eficiente com a mídia programática. Essa estratégia envolve a negociação automatizada de publicidade, em plataformas que reúnem agências e anunciantes, de um lado, e veículos e publishers, de outro.

Dessa maneira, você não precisa negociar anúncios diretamente com cada veículo ou publisher — as plataformas de mídia programática fazem esse papel e, por meio de dados e automação, conseguem otimizar as negociações e gerar mais resultados para todos os envolvidos.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é um dos pilares do inbound marketing. Em vez de correr atrás de clientes, o inbound marketing investe em conteúdos digitais relevantes para o público da marca, que atraiam o seu interesse.

Dessa forma, os conteúdos, publicados principalmente em blogs, conseguem atrair um grande tráfego qualificado para o site, que tende a gerar boas oportunidades de negócio.

Quais estratégias de marketing digital utilizar para escalar as vendas pela internet?

Mas o papel dos conteúdos não para por aí. Depois de atrai interessados para o negócio, eles também são usados para nutrir os leads ao longo do funil, por meio de materiais mais aprofundados que aprofundem o seu conhecimento e estreitem a sua relação com a empresa. Assim, ao final do funil do inbound, os leads já estão mais preparados para a venda.

O marketing de conteúdo funciona bem para qualquer tipo de negócio. Mas, em geral, as empresas B2B tendem a ter ainda mais resultados, porque lidam com compras mais complexas e ciclos de venda mais longos. Dessa maneira, o conteúdo ajuda a educar os leads, transmitir confiança e nutri-los ao longo da jornada de compra.

A seguir, vamos conhecer alguns passos importantes para potencializar o seu conteúdo nesse processo do inbound marketing.

Criação de personas

A criação de personas é essencial para criar conteúdos realmente relevantes dentro do marketing digital para empresas. A persona evidencia o perfil, os comportamentos, as dúvidas, as dores e as necessidades dos seus consumidores, que o seu conteúdo pode ajudar a resolver.

A partir da descrição da persona, baseada em dados reais sobre o seu público, você vai identificar quais conteúdos deve produzir e qual linguagem deve utilizar para se comunicar melhor.

Blogposts

Blogposts são uma das principais ferramentas do marketing de conteúdo. Em um blog da sua empresa, você pode reunir conteúdos acerca da sua área de atuação, como explicações sobre conceitos e dicas de uso dos produtos, a fim de informar, educar e engajar a sua audiência.

Se forem otimizados com SEO, os posts de blog podem aparecer nas primeiras posições do Google e atrair tráfego orgânico. Depois, se você souber converter visitantes em leads e clientes, esse tráfego se transforma em negócios fechados.

Materiais ricos

Os materiais ricos têm um importante papel na nutrição de leads ao longo do funil. Muitas vezes, são usados como moeda de troca: você entrega o conteúdo gratuitamente, enquanto o consumidor oferece seus dados de contato.

Estamos falando de e-books, infográficos, planilhas, relatórios, webinars e outros conteúdos de valor para os leads. Geralmente com temas mais aprofundados, os materiais ricos podem ser usados no meio do funil para aumentar o conhecimento dos leads e estreitar a relação com eles. 

Gestão de redes sociais

Para quem vê de fora, redes sociais podem parecer apenas descontração, um espaço para compartilhar memes e interagir com os amigos. Mas, no marketing digital para empresas, a gestão de redes sociais é uma das mais poderosas ferramentas de negócio.

As plataformas de redes sociais oferecem diversos recursos para as marcas se relacionarem com o seu público, com foco em engajamento e conversão. Uma das suas grandes vantagens é o poder de se relacionar com os usuários e seguidores, com uma comunicação interativa, não apenas de uma via. Nas redes sociais, não existe distância entre marcas e consumidores.

Marketing Digital para Empresas: Redes Sociais

Neste tópico, vamos ver algumas ações importantes de gestão de redes sociais para que essa estratégia traga os resultados que você espera.

Definição de linha e calendário editorial

As definições da linha editorial e do calendário de conteúdos das redes sociais faz parte do planejamento de social media. A partir da persona, você deve identificar quais temas ou editorias devem fazer parte da sua estratégia.

Dessa forma, você pode criar uma linha editorial mais interessante para o seu público, que atenda aos seus gostos e comportamentos. Além disso, você consegue mesclar diferentes tipos de conteúdo, entre temas informativos, educativos e persuasivos, que entretenham os seguidores, mas que também despertem o desejo e os levem a comprar.

O calendário editorial, por sua vez, deve definir as datas de produção, publicação e mensuração dos conteúdos. Dessa forma, você mantém uma atuação consistente nas redes sociais, com uma frequência adequada e dentro dos prazos.

SAC 2.0

SAC 2.0 é o modelo de atendimento ao cliente adaptado às redes sociais. Nessas plataformas, o atendimento precisa ser mais ágil, ativo e prestativo do que nos meios tradicionais. Há ferramentas interativas valiosas para tornar esse atendimento mais qualificado.

No SAC 2.0, os atendentes não ficam apenas esperando os clientes reclamarem. Eles identificam oportunidades de ajudar os clientes a resolver suas dúvidas e problemas, antes mesmo de eles procurarem o atendimento ao consumidor.

Monitoramento de menções

Gestão de redes sociais não é apenas publicar conteúdos nos seus perfis. Também envolve o monitoramento de menções à sua marca e aos seus produtos, que pode revelar o que as pessoas estão pensando sobre a sua empresa.

Essa atividade é chamada de social listening, ou seja, a escuta do que os usuários publicam. Você pode identificar sentimentos positivos e negativos nas menções, além de gerenciar crises de forma mais ágil.

SEO

SEO é uma das estratégias orgânicas mais relevantes do marketing digital para empresas. Trata-se da otimização do seu site para aparecer entre os primeiros resultados dos motores de busca, a fim de atrair tráfego qualificado e aumentar a autoridade da marca.

A otimização para mecanismos de busca envolve uma série de estratégias. Em um projeto de SEO, é importante iniciar com um diagnóstico e passar por estratégias como SEO on page, SEO off page e SEO local. A seguir, vamos analisar melhor essas etapas de trabalho. 

Auditoria de SEO

Um projeto de SEO começa com uma auditoria, que faz uma análise do site a fim de realizar um diagnóstico sobre a sua situação. Nessa etapa, os profissionais de SEO identificam, entre outros aspectos:

  • A posição das páginas no Google;
  • A geração de tráfego;
  • A autoridade do domínio e das páginas;
  • A usabilidade do site;
  • Os conteúdos duplicados;
  • A canibalização de palavras-chave;
  • Os links quebrados;
  • Os erros de rastreamento do robô;
  • O uso de títulos, subtítulos e meta description.

Assim, identificam-se erros que precisam ser corrigidos e oportunidades que podem ser aproveitadas. A partir desse diagnóstico, é possível definir um planejamento de SEO, com as prioridades de otimização.

SEO on page

SEO on page são as estratégias de otimização aplicadas nas próprias páginas do site. A partir de um planejamento de palavras-chave, você pode identificar os termos que precisam ser otimizados em cada página e que devem ser posicionados em locais estratégias para isso: no título, na URL, nas imagens, no início do texto, na meta description, entre outros.

Link building

Já o link building faz parte do SEO on page, que olha para a otimização de fatores externos às suas páginas. O link building é uma estratégia de marketing digital para empresas que se refere à construção de uma rede de links que fortaleça a sua autoridade na web, ao mostrar que você se relaciona com sites de qualidade e confiança. Por isso, não se trata de apenas ganhar links aleatórios, mas apenas de sites relevantes.

SEO local

SEO local é a estratégia de otimização de negócios locais — especialmente pequenos negócios — para que apareçam nas buscas do Google. Fundamental no marketing digital para empresas, não estamos falando necessariamente da otimização do site, mas da empresa, que pode aparecer para as buscas dos usuários no Google Meu Negócio, que é a principal ferramenta do SEO local.

Marketing Digital para Empresas: SEO Local

E-commerce

Se você quer escalar as vendas pela internet com estratégias de marketing digital para empresas, crie o seu e-commerce.

O comércio eletrônico no Brasil já cresceu muito nos últimos anos, especialmente durante a pandemia de coronavírus, e segue crescendo. Em 2021, o e-commerce brasileiro totalizou 182,7 bilhões em vendas, o que representa um crescimento de 27% em relação ao ano anterior, conforme o relatório Webshoppers.

Além disso, o número de consumidores online chegou a 87,7 milhões em 2021, ou seja, 10% a mais que em 2020. Perceba que esse número está chegando próximo à metade da população brasileira. Isso significa que provavelmente o seu cliente também já está na internet comprando.

Então, aproveite o mercado online para aumentar as suas vendas. Vejamos, agora, alguns passos importantes para isso.

Planejamento comercial

Abrir um e-commerce não significa apenas colocar seus produtos na internet. É preciso fazer um planejamento comercial para que esse projeto tenha mais chances de sucesso. Afinal, você está abrindo um novo canal de vendas, em um novo ambiente.

Então, é preciso entender como os concorrentes atuam, quais são as melhores estratégias de marketing e vendas, quais são as ferramentas mais importantes, entre outros aspectos. Assim, você vai ter um plano para seguir na sua loja virtual.

User experience (UX)

No e-commerce, a experiência do usuário no seu site é determinante para a satisfação com a compra. Se, na sua loja física, você quer que o consumidor se sinta bem recebido e atendido, o mesmo vale para a loja virtual — e o user experience (UX) é determinante para isso.

UX envolve elementos de design, usabilidade e arquitetura da informação que determinam como o usuário vai interagir com seu site. Quanto mais simples e sem obstáculos for essa experiência, mais chances você tem de realizar conversões e conquistar a confiança dos consumidores.

Canais de vendas

No e-commerce, você pode ter a sua própria loja virtual, geralmente por meio de uma plataforma de e-commerce que oferece uma infraestrutura customizável de gestão e vendas para o seu negócio.

Mas você também pode vender em outros canais online. Os marketplaces, como Mercado Livre e Magazine Luiza, são um dos principais canais de vendas da internet, em que você divide o espaço com outros lojistas parceiros. Nas redes sociais, também é possível vender seus produtos por meio do social commerce.

Enfim, essas são as principais estratégias de marketing digital para empresas que você pode adotar no seu negócio. Se a intenção é escalar as vendas na internet, é hora de começar a planejar as mídias, conteúdos e plataformas que você vai usar para conquistar o consumidor online.

Você pode fazer isso com uma empresa parceira, que tenha uma equipe especializada em marketing digital e focada em resultados para o seu negócio.

A Arcana domina todas essas estratégias e vai ajudar a sua empresa a escalar as vendas na internet. Envie uma mensagem agora para conversarmos!

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: