Marketing digital para franquias: como fazer?

Publicado 10/05/2021

Com o destaque da tecnologia no meio em que vivemos, o marketing digital para franquias é uma das estratégias essenciais para que as empresas tenham destaque no mercado. É comum que as pessoas cultivem o pensamento de que por se tratar de um nome conhecido no mercado, a loja na modalidade de franquia não precisa de tanto foco no marketing. 

No entanto, assim como em outras lojas físicas e e-commerces, o marketing digital para franquias é importante para atrair novas oportunidades e criar relacionamentos eficazes com seus clientes por meio de estratégias, desenvolvendo ainda uma forte identidade para a empresa diante de sua concorrência. Por esses motivos, vamos apresentar no conteúdo de hoje tudo o que você deve saber para implementar o marketing digital para franquias em seu negócio. Confira!

Como funciona o Marketing Digital para franquias?

As estratégias e métodos de marketing digital para franquias têm mostrado a sua importância para que as empresas possam utilizar os melhores meios para que os conteúdos tenham visibilidade em meio às inúmeras ofertas de informações da internet.

Para que os serviços e produtos sejam divulgados de maneira eficiente e posteriormente comercializados, é necessário saber como otimizar os canais digitais, não só para as redes de franquias, mas também para empresas de negócios de pequeno e grande porte.

Entre os resultados significativos que o marketing digital para franquias pode oferecer com sua implantação, estão a centralização e padronização da comunicação, fator que facilita a gestão de relacionamento com clientes em potencial e usuários. Além disso, é possível mantê-los interessados próximos à marca com conteúdos e ofertas atraentes. 

Como implementar o marketing digital em franquias

O marketing digital para franquias permite que novos franqueados possam expandir sua rede, ajudando a fortalecer a autoridade da marca e conquistar novos clientes. Além disso, a estratégia também apresenta menores custos, maior assertividade e possibilita a mensuração dos resultados. 

As vantagens do marketing digital para franquias podem ser identificadas ao compará-lo com estratégias tradicionais. Isso porque, ao anunciar produtos e serviços em televisão, revistas, outdoor, rádio e panfletos, as diferenças de valores ficarão evidentes. 

Sem mesmo mencionar que nessas ações, as previsões do público atingido e o ROI (retorno sobre o investimento) não possuem constância. Outro ponto que deve ser observado é a saúde do negócio. 

Caso o proprietário sinta que as vendas estão caindo, um sinal de alerta deve ser acionado. Da mesma forma, é preciso avaliar a baixa competitividade, a queda nos resultados de ações tradicionais de marketing, falhas e divergências entre marketing e vendas. 

Esses problemas afetam diretamente a atração do contato e crescimento, e podem ser solucionados com estratégias assertivas do marketing digital para franquias.

Ao escolher investir nesse tipo de marketing para franquias, o empreendedor deverá contratar uma equipe especializada em marketing digital para empresas, de modo a evitar erros por falta de conhecimento.

Diante disso, a equipe responsável avaliará as estratégias que melhor funcionaram naquele negócio, de forma individualizada. Entretanto, independente das decisões que serão tomadas, é necessário iniciar pelos passos a seguir. 

Trace objetivos

O marketing digital para franquias se inicia ao traçar objetivos, como forma de direcionamento. Afinal, a própria decisão sobre o foco nas estratégias já está ligado a esse passo. Para traçar bons objetivos a melhor forma é buscar entender qual a principal necessidade da franquia, encontrando prioridades. 

O marketing pode ter mais de um objetivo, no entanto, é preciso ter cuidado ao focar em muito alvos para que não deixe de alcançá-los pelo caminho. Uma boa dica é listar os objetivos gerais e, após essa tarefa, listar os específicos. Entre os objetivos mais comuns no marketing digital para franquias, estão:

  • Captação de novos clientes;
  • Engajamento e relacionamento com o público atual;
  • Fortalecimento da marca e construção de autoridade no mercado;
  • Expansão da rede de franquias.

Crie metas

Após traçar objetivos, o momento é de construir metas de modo que as mesmas se tornem palpáveis diante daquilo que se deseja construir. As metas devem ser mensuráveis, direcionáveis e claras. Assim, se a franquia tem como principal objetivo expandir sua rede, o empreendedor deve entender quais ações causam impacto para esse objetivo. 

Faça as análises necessárias

As análises são essenciais para todas as atividades dentro de uma empresa. No marketing digital para franquias, não seria diferente. Da mesma forma, as tarefas de análise acontecem de maneira rápida e eficiente, visto que a mensuração dos resultados é uma forte característica para essas estratégias.

Entretanto, antes de realizar qualquer ação, é necessário um estudo aprofundado, com pesquisa de mercado, de concorrentes e análise de público para a construção das buyer personas. Com esse conhecimento, a empresa pode entender melhor as estratégias de diferenciação.

Para a aplicação do marketing digital para franquias ainda é preciso saber com qual público se está falando. Por esse motivo, a definição das personas é essencial para a condução correta de toda estratégia. 

Monte um plano de marketing

Posterior aos objetivos, metas e análises relacionadas à concorrência, mercado e definição de personas, o próximo passo da empresa é aplicar tudo isso em um plano de marketing digital para franquias. Ou seja, é preciso que todas as tarefas, entregas e estratégias estejam com seus responsáveis e prazos delimitados.

6 ferramentas essenciais para o marketing digital para franquias

6 ferramentas essenciais para o marketing digital para franquias

Separamos algumas ferramentas que são essenciais para investir no marketing digital para franquias que atendem às principais necessidades das empresas em geral, com a possibilidade da inserção no plano de comunicação dos negócios. Acompanhe.

Mídia Paga

Diante do marketing digital, a mídia paga é um conjunto de estratégias usadas para a exposição da marca, sendo criadas e executadas em troca de um valor pago. Ou seja, são anúncios e propagandas que com um investimento colocam a franquia em evidência, focando no público determinado e aumentando a visibilidade e reconhecimento da marca.

A mídia paga pode auxiliar na captação de leads atraindo novos franqueados ao grupo. O Google Ads, por exemplo, é uma mídia display usada para anunciar as vantagens do negócio, seus benefícios, lucratividade, ROI, atrair novos usuários ao site e divulgar os benefícios de adquirir uma das unidades da franquia.

Já o Facebook ou Instagram Ads, outros exemplos de mídia paga, podem agir como remarketing ao perseguir o usuário após o acesso a um site da franqueadora. Assim como usar vídeos para a divulgação dos benefícios de adquirir a franquia e trabalhar anúncios de formulário diretamente nas redes sociais para captar contatos de pessoas interessadas em adquirir uma unidade.

No LinkedIn Ads, podem ser usados vídeos e peças de gráficos para a divulgação das vantagens em ter uma franquia, trabalhando anúncios também de forma direta para a captação de contatos interessados.

Redes Sociais

No marketing digital para franquias, as redes sociais são um campo amplo. Cada uma delas possui suas particularidades e deve ser usada de determinada forma. De maneira independente, alguns princípios são responsáveis pelas estratégias de uma marca em qualquer ferramenta usada. Veja como as principais redes sociais podem ser utilizadas:

  • Facebook: pode ser usado na criação de grupos secretos em que os franqueados podem trocar boas práticas;
  • LinkedIn: auxilia no relacionamento com potenciais franqueados, divulgando números do mercado em que a franquia atua, boas práticas, e mais;
  • Instagram: é uma ferramenta B2C voltada para o consumidor do franqueado.

Marketing de Conteúdo

No marketing digital para franquias, ter um site é o principal ponto de referência para a marca dos usuários, em que devem constar as informações oficiais sobre os produtos e serviços ofertados, assim como as campanhas e promoções que estão vigentes. De acordo com o segmento de mercado, é possível aproveitar a plataforma para o desenvolvimento de um canal de e-commerce.

Desenvolver o espaço de um site ou blog é também fundamental para que a franquia tenha uma plataforma interativa, com espaço de notícias a respeito da empresa. Além disso, uma área destinada para o compartilhamento de conteúdos relevantes. 

O marketing de conteúdo é utilizado para atrair novos franqueadores por meio de estratégias inbound marketing. De acordo com as estratégias de marketing digital para franquias, os conteúdos desenvolvidos devem ser:

  • Topo de funil para falar sobre o mercado e o segmento em que atua a franquia, as vantagens de ter uma franquia, e o motivo pelo qual esse modelo de negócio é melhor que criar uma empresa do zero;
  • Meio de funil para evidenciar o segmento da franquia, com números de alta no mercado, potenciais de faturamento e as oportunidades de negócio;
  • Fundo de funil para falar sobre a marca da franquia em si, evidenciando os benefícios e características do negócio e convencendo o potencial franqueado que aquela é a melhor opção.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma ferramenta utilizada cada dia mais como estratégias de marketing digital. Anteriormente, era comum que e-mails de empresas caíssem em caixas de spam dos destinatários ou fossem considerados lixo eletrônico. 

No entanto, hoje em dia eles são uma grande oportunidade para realizar a nutrição do lead. Com smartphones que utilizam a leitura dessas mensagens e a interconectividade com outras ferramentas, o e-mail marketing redireciona o leitor para links promocionais e benefícios àqueles que escolheram receber conteúdos da marca.

Na elaboração do envio de e-mails eficientes é necessária a produção de conteúdos diretos, de forma sucinta, que chamem a atenção do usuário. A principal utilidade dessa ferramenta no marketing digital para franquias é a nutrição de leads, alimentando o interesse dos usuários interessados na franquia e mantendo-os próximos à marca. Além disso, o envio de ofertas especiais e avisos pontuais sobre os produtos e serviços da empresa. 

A segmentação da lista de e-mail da franquia deve ser trabalhada, separando clientes que estão de acordo com os interesses e características específicas, e enviando-os conteúdos personalizados. Não se deve enviar um e-mail marketing padrão para todos os contatos, afinal, as chances de que não seja despertado nenhum interesse é grande. Confira algumas dicas de como gerenciar o e-mail marketing:

  • Reúna uma lista de contatos solicitando o e-mail de usuários durante das campanhas de rede, ou em momentos da compra nas lojas físicas;
  • Segmente essas listas de destinatários de acordo com o perfil de cada um, com o objetivo de enviar conteúdos que sejam apropriados;
  • Envie mensagens e faça o monitoramento de cliques;
  • Nunca faça a compra de e-mails de terceiros, pois a qualidade dos contatos pode ser duvidosa e inferior a um lista criada pela própria empresa;
  • Desenvolva formatos diferenciados de e-mail marketing, com linguagens destinadas para cada tipo de público;
  • Monitore também botões como o Call to Action, para um redirecionamento eficiente dos links.

Omnicanalidade

A omnicanalidade é uma estratégia que integra diferentes canais de venda e comunicação com o cliente, utilizada como uma alternativa para facilitar a vida do consumidor. Anteriormente, conectar pontos de venda com o atendimento ao cliente era uma tarefa relativamente simples. 

Entretanto, a estratégia de hoje deve contemplar a concentração de diferentes canais online e offline da franquia. Isso envolve lojas físicas e e-commerce, o telemarketing, as redes sociais, aplicativos e chatbots.

Com a opção de escolher seus produtos pelo celular, tirar dúvidas pelo Facebook e decidir comprar em loja física da franquia, a omnicanalidade garante que a empresa consiga manter a qualidade da experiência de forma completa, envolvendo todos esses canais.

Gerenciamento de conflito de canais

Grande parte das razões pelas quais existem conflitos de canais estão relacionadas ao grande número de pessoas envolvidas, além da falta de padronização das informações. As franquias têm muitas vezes têm mais de um nome de registro ou mais de um ponto de contato e diferentes ferramentas. Para o gerenciamento do conflito de canais, algumas soluções são indicadas.

Página de cadastro

Caso a franquia não utilize soluções mais robustas, como o PRM (gerenciamento de relacionamento com parceiros), é indicado usar formulários para cadastro com informações que sejam padronizadas e importantes, sempre com o nome da empresa. Para isso, alternativas como formulários do Google e landing pages podem ser as mais simples e práticas, solucionando também a gestão de leads.

CRM

A ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente concentra o gerenciamento de todas as oportunidades da franquia em um único lugar. Caso a operação de vendas direta utilize uma solução e a operação de canais outra, as chances de conflito aumentam de forma descomunal.

Por esse motivo, é indicado que a empresa tenha funis separados, contudo, garanta que ao efetivar a busca pela validade dos registros, todos os profissionais envolvidos tenham acesso a mesma informação.

CS

A ferramenta de customer success (sucesso do cliente) auxilia na gestão dos clientes de forma a entender qual o contato responsável por uma conta. Ela deve estar sempre atualizada para saber se o canal iniciou ou continuou a atender determinado cliente. Dessa maneira é possível responder às métricas, definindo o ponto de contato correto.

Canais de relacionamento oficiais para treinamento

Por fim, outra ferramenta que deve ser utilizada no marketing digital para franquias é o canal de relacionamento oficial. Escolher um instrumento de comunicação adequado que estabeleça normas para que os envolvidos possam compreender a dinâmica da política de comunicação da empresa é uma condição fundamental para implementar canais de interação.

Marketing digital para franquias: como fazer?

Ao escolher os canais de comunicação que devem ser usados, é importante definir a mensagem que se deseja transmitir, os assuntos estratégicos, e as informações que devem ser repassadas a todos. Assim, canais de relacionamento oficiais são fundamentais para contribuir com o treinamento da equipe.

Sendo o treinamento contínuo uma das essências do franchising, é por meio dele que a transferência do aprendizado e padronização de processos operacionais e administrativos deve ser feita.

Além de qualificar os colaboradores, esses processos possibilitam a capacitação do empreendedor, fator que permite a ele investir em uma determinada área de franquia. Com esses treinamentos alinhados, o negócio se torna aprimorado, com chances de sucesso muito maiores.

Atualmente, a transmissão de conhecimentos pode ser feita com o auxílio da tecnologia, evitando a necessidade de reuniões presenciais com a equipe. É possível realizar excelentes cursos, aulas e workshops economizando tempo e recursos na modalidade EAD (ensino a distância). 

Você conheceu no artigo de hoje a importância do marketing digital para franquias, além das ferramentas essenciais que devem estar presentes em sua empresa. Seguindo nossas dicas, você poderá ter melhores resultados, alcançando o sucesso desejado em seu negócio!

Quer ter segurança e eficiência ao investir nessa alternativa? Então, vem conhecer o trabalho da Arcana, agência de marketing digital especializada em estratégias que vão levar sua empresa ao topo com seriedade e profissionalismo. Mande agora mesmo uma mensagem via WhatsApp e receba uma apresentação da Arcana Marketing Digital!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: