O que é um marketplace de nicho?

Publicado 14/02/2022

Você sabe de que forma um marketplace de nicho pode afetar seu negócio? Segundo levantamento da Neotrust, empresa responsável pelo monitoramento do e-commerce brasileiro, as vendas online no país registraram um faturamento recorde em 2021, totalizando mais de R$ 161 bilhões — um crescimento de 26,9% em relação ao ano anterior.

Dentro do comércio virtual, um modelo de negócio que se destaca são os marketplaces, que funcionam como shoppings do varejo digital.

No que contempla esse modelo, marcas de renome como Amazon, Magazine Luiza, Americanas e Mercado Livre, por exemplo, acabam emprestando sua visibilidade, tráfego e plataforma para empreendedores de todos os tamanhos.

É um estilo muito simples e que ganhou força na pandemia, onde se tornou inviável para os comerciantes deixarem seus respectivos negócios fora do ambiente online. Porém, abrir um próprio e-commerce demandava conhecimento e um investimento alto. Logo, os marketplaces se mostraram a alternativa mais acessível para as lojas físicas que estavam buscando migrar para a esfera digital.

Da mesma forma que existem canais de venda que anunciam uma variedade grande de produtos de estilos e categorias como os sites que foram citados acima, há também os chamados marketplace de nicho, que são voltados para a venda de segmentos específicos.

Para conferir mais sobre o que é um marketplace de nicho e como aplicá-lo, continue a leitura!

Qual é a diferença entre marketplace de nicho e marketplaces de catálogo aberto?

Enquanto os marketplaces de catálogo aberto funcionam como uma loja de multi departamentos, onde pode ser encontrado diversos tipos de produtos, o marketplace de nicho é especializado em vender mercadorias que pertencem a apenas um segmento.

Em uma analogia simples: se os marketplaces “normais” são como supermercados — onde você pode achar de tudo —, os de nichos são como açougues e peixarias, onde você procura coisas mais específicas. 

Para deixar mais claro o que é esse modelo, vamos listar abaixo alguns sites que se enquadram como marketplace de nicho.

Netshoes, Decathlon e Centauro

São três exemplos do marketplace de nicho especializados na comercialização de artigos esportivos no geral. Abrangem produtos que vão desde roupas de ginástica, chuteiras, bicicletas, equipamentos de musculação entre outros.

C&A, Kanui, Dafiti

A moda é um dos segmentos que mais crescem, abrangente, ele permite uma variedade de abordagens para alcançar diferentes públicos. 

Essas três lojas são um claro exemplo disso, a Kanui foca no público masculino praticante de esportes radicais como surf e skate. A Dafiti é voltada para o mercado mais fashion. E, por fim, a C&A contempla um público mais amplo de faixa etária.

MadeiraMadeira, Leroy Merlin

Ambos são canais de venda direcionados para produtos relacionados a casa, decoração e materiais de construção.

Rihappy

Uma das maiores varejistas de brinquedos no Brasil resolveu entrar na lista de marketplace de nicho, incorporando também as categorias de moda e móveis infantis.

Quais os benefícios de atuar com apenas um segmento?  

marketplace de nicho

Antes de conhecer mais a fundo sobre o mundo dos marketplaces e e-commerce, é normal pensar que optar por comercializar produtos em um canal de nicho pode acabar sendo um tiro no pé. Ou então que esta ação pode restringir e limitar o crescimento do seu negócio. 

Logo, vamos te mostrar algumas vantagens que vender por esses canais possuem.

Custo-benefício

Isso acaba sendo um dos pontos gerais que fazem os sellers elegerem um marketplace de nicho como a base e vitrine de seus negócios. Além disso, a maioria deles não possui taxas de inscrição e só cobram o comissionamento, que varia de 15% a 20%.

O outro ponto que potencializa o lucro é pelo simples fato de conseguir direcionar melhor suas estratégias de marketing digital.

Fidelização de consumidores alvo

A fidelização é algo extremamente almejado e disputado no comércio digital. Para alcançá-lo, é necessário que várias etapas sejam bem executadas. Elas passam desde o anúncio do produto, estratégias de venda, atendimento e pós-venda.

O marketplace de nicho garante menos distrações durante a jornada de compra, além de atrair clientes mais engajados e certos do que desejam comprar. Logo, você precisa apenas pesquisar e entender o perfil dele para lhe oferecer uma melhor experiência de compra.

Um dos principais benefícios que a fidelização pode trazer é o aumento do ticket médio, que é basicamente uma representação do valor médio gasto nos pedidos da sua loja.

Crescimento

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), os marketplaces apresentaram um crescimento de 68% em faturamento entre os anos de 2019 e 2020, no auge da pandemia. Este volume de expansão nunca havia sido registrado nas estatísticas anteriormente.

Além disso, como foi dito no começo deste artigo, o comércio eletrônico arrecadou mais e cresceu 26,9% em relação ao ano anterior. Esse quadro vem se repetindo ano após ano, e mais do que nunca, essa pode ser a oportunidade de iniciar uma jornada de vendas. 

É comum que muitos lojistas se sintam mais confortáveis em começar pelos canais de venda de maior renome. Porém, com a expansão do varejo digital, o marketplace de nicho também se comporta muito bem e está cheio de possibilidades de aumentar consideravelmente suas vendas. 

No mercado existem uma série de canais de venda que abrangem vários segmentos como:

  • Moda;
  • Casa e Decoração;
  • Pets;
  • Esportes;
  • Livros;
  • Brinquedos;
  • Autopeças;
  • Bebidas;
  • Eletrônicos.

Caso você precise de ajuda para vender em todas essas opções de canais que comportem apenas categorias específicas, a melhor opção é acionar um hub de integração

Ferramentas como a Plugg.to possuem o poder de centralizar e otimizar toda sua operação de vendas, o que acaba extinguindo erros de operação manual, como os furos de estoque, por exemplo.

Se quiser saber mais sobre essa ferramenta que pode alavancar de vez sua performance de vendas, acesse o site da Plugg.to ou fale com um dos consultores da empresa!

Este é um artigo criado pelo time da Plugg.to, um hub de integração com Marketplaces que unifica integração e gestão para vender mais com menos trabalho.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail: